pagina inicial

a companhia

temas

peças

eventos

clientes

pense nisso

fale conosco

VIAGEM DE GAIATO 

O texto "Viagem de Gaiato" é composto de 7 cenas em que o mote principal são as conseqüências que a Dependência Química provoca nos personagens.

Permeando a estória temos uma família de classe média, onde o adolescente Marcelo começa sua jornada no caminho das drogas, passando da maconha até sua overdose com heroína, no desfecho trágico do personagem.

No quadro "O Álcool", temos 2 funcionárias, Odiléia e Alice, sendo que Odiléia é uma dependente do álcool e tenta esconder esta situação óbvia.

"A Entrevista" mostra, além das ansiedades e expectativas do 1º trabalho, a "ajuda" artificial e devastadora que o crack provoca no organismo.

"Coração Materno" discute o perigo e a atração do traficante quando entra em contato com esta família, fragilizada e sem conseguir lidar com estes problemas.

O texto coloca em cena as dificuldades do diálogo aberto dos pais com os filhos, enfim, a distância que a dependência química deixa o homem do próprio homem.

Sem mensagens moralistas o texto aborda situações sobre tabagismo, maconha, álcool, crack, cocaína e heroína, as principais drogas que fazem parte de nossa realidade.

Manter o bom humor facilita o diálogo e a compreensão, por isso Viagem de Gaiato termina como uma revista musical: "Sou Esperto Pra Xuxu", onde o alto astral predomina e as mensagens são passadas com leveza, ironia e música, tópicos principais para o recado funcionar.

 

Salete Fracarolli e Delurdes de Moraes

 

 

 

Texto e direção: Jorge Julião

 

 

  Osvaldo Raimo, Delurdes de Moraes, Salete Fracarolli e Paulo Almeida

R