Estão Voltando as Flores 

 

Sinopse

                          

Estão Voltando as Flores é um texto inédito e conta uma história de amor em tempos de guerra, onde a rivalidade mortal entre duas famílias do interior faz crescer no coração de Nara e Miguel o fruto proibido pela desavença e desejado pela paixão em flor... Um “Romeu e Julieta” tropical.

A ação se passa no Rio de Janeiro, a cidade emblemática do clima de violência e morte no Brasil de agora. Vê-se a tradição de um ódio mal sangrado sair do interior e alcançar a capital, mas se vê também a ternura humana tecendo sua fiação delicada em torno dos dois apaixonados - e movendo contra o bafo da morte o sopro da vida.

É importante frisar que a peça de Shakespeare serve de adaptação temática; não há citação de suas falas, não há tradução literal de sua linguagem; o que há é a transposição de sua essência, o amor que nasce no terreno inóspito da inimizade entre duas famílias e cresce contra todas as probabilidades. É basicamente uma interpretação de Shakespeare, o que nos parece um modo válido de adaptá-lo para o Brasil atual e para o público de hoje, principalmente, o público jovem de 14 a 25 anos, que não têm muitas opções.

O espetáculo tem música ao vivo com uma trilha musical variada, misturando ritmo de gafieira com Adriana Calcanhoto e Chico Buarque; ritmo de samba com cantigas do interior.

 

 

FICHA TÉCNICA

 

Autor: José Antônio de Souza

Direção: José Antônio de Souza

Direção Musical e Preparador Vocal: Eric D’Ávila

Figurino: Sérgio Carrera

Iluminação e Operação de Luz: Gil Teixeira

Operador de som: Ariane Santos

Fotos: Alexandre Diniz

Fotos dos Slides: Leandro Knobloch

Produção e Realização: Pompacomica

Elenco: Sérgio Carrera e Mel Rabelo

Músicos: Eric D’Ávila, João Paulo Soran e Vitor Morbin

 

.